Buscar
  • VICON VITORIA CONSTRUÇÕES

Como funciona as bandeiras tarifária de energia


O QUE É BANDEIRA TARIFÁRIA?


Criadas em 2015, as bandeiras tarifárias sinalizam a estabilidade ou o acréscimo no valor da energia elétrica repassado aos consumidores finais, variando de acordo com as condições de geração de energia. Essa tarifa é regulada pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) e é válida para os chamados consumidores cativos das distribuidoras.


  • Bandeira verde: representa condições favoráveis para a produção de energia elétrica, portanto sem acréscimos na conta quando a bandeira está verde;

  • Bandeira amarela: a bandeira amarela simboliza condições menos favoráveis e custos um pouco mais altos para a produção de energia, por isso há um acréscimo de R$1,35 para cada quillowatt-hora (kWh) consumido;

  • Bandeira vermelha (patamar 1): aqui as condições estão um pouco mais críticas e os custos com a produção estão elevados. Neste caso, as contas sofrem um aumento de R$4,17 para cada quillowatt-hora (kWh) consumido;

  • Bandeira vermelha (patamar 2): condições ainda mais difíceis para produção e gastos ainda mais altos, pois as termelétricas são ativadas para atender a demanda e possuem um custo mais alto do que as usinas hidrelétricas. Aqui o acréscimo é de R$6,25 para cada quillowatt-hora (kWh) consumido, como aconteceu em junho deste ano.

Hoje,há uma série de soluções sustentáveis ​​que ajudam a salvar o meio ambiente e, ao mesmo tempo, economizam eletricidade como lâmpada LED e o aquecimento solar, mas dá para reaproveitar a água, e mesmo usar janelas ou aberturas maiores na casa para obter luz natural é uma ótima opção de sustentabilidade e economia.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo